GOEPEL electronic - Get the total Coverage! JTAG/Boundary Scan

Instrumentos integrados no circuito (Chip Embedded Instruments - iJTAG)

Chip Embedded Instruments - iJTAG
Chip Embedded Instruments - iJTAG

Os instrumentos integrados no circuito constituem, essencialmente, PI (Propriedades Intelectuais) de teste e medição em um circuito integrado, controlados através de um barramento de teste. A funcionalidade dos instrumentos integrados no circuito é completamente aberta, abrangendo desde sensores simples a registos de dados e sinais mais complexos, bem como instrumentos ou programadores de análise de maior dimensão. As propriedades intelectuais em si podem estar completamente integradas no circuito (macro hard) ou podem ser activadas temporariamente no sistema (macro soft) com base nas matrizes de portas programáveis por campo eléctrico (Field Programmable Gate Arrays - FPGA). Há vários anos que os instrumentos integrados no circuito são utilizados para testar circuitos, por exemplo, na forma de PI integradas para auto-teste. Outro exemplo da aplicação dos instrumentos integrados no circuito é a validação de concepção em aplicações lógicas integradas nas matrizes de portas programáveis por campo eléctrico (FPGA). Contudo, o acesso destas PI nunca foi padronizado até à introdução do padrão IEEE P1687 (IJTAG), actualmente em desenvolvimento. Os instrumentos integrados no circuito padronizados tornaram-se assim uma alternativa viável aos instrumentos de teste e medição convencionais, particularmente na área das análises Gigabit, que apresentam problemas constantes de acesso.

mais sobre instrumentos integrados no circuito Baixar (pdf, 740 kB)

ChipVORX – tecnologia PI para instrumentos integrados no

ChipVORX (a tecnologia PI para instrumentos integrados no circuito), representa uma fusão revolucionária de operação de análise de limite (Boundary Scan) e este tipo de instrumentos. As ferramentas de software são adaptadas aos instrumentos desejados através de “modelos ChipVORX”, o que permite obter uma tecnologia completamente funcional em qualquer tipo de instrumentos integrados no circuito:

  • Instrumentos carregados nas matrizes de portas programáveis por campo eléctrico, também conhecidos como FPGA loaded Instruments (macro soft)
  • Instrumentos proprietários de vendedores de PI, também conhecidos como IP vendor proprietary instruments (macro hard)
  • Instrumentos padronizados, também conhecidos como standardized instruments (macro IJTAG)
  • Instrumentos de concepção personalizada, também conhecidos como custom designed instruments (macro hard ASIC)

Os modelos ChipVORX baseados em circuitos são PI de software funcional com uma arquitectura modular. Graças à sua concepção de funcionalidade aberta, é possível ter vários instrumentos integrados no circuito em paralelo, mesmo quando os instrumentos estão integrados em circuitos diferentes.

Os instrumentos baseados em matrizes de portas programáveis por campo eléctrico (FGPA), em particular, permitem a utilização de aplicações extremamente flexíveis e, também aqui, o ChipVORX constitui uma excelente solução, dado que permite processar as macros de software e a carga necessária na matriz de portas programáveis (FGPA) desejada.

Assim, os modelos ChipVORX para FPGA podem não só controlar os instrumentos, mas também conter esses mesmos instrumentos. Estes modelos ChipVorx têm como principais aplicações, por exemplo:

  • Programação de alta velocidade de Flash no sistema
  • Teste de acesso de alta velocidade de DDR SDRAM 
  • Medição de relógio 
  • Teste de taxa de erros de bits (Bit Error Rate Test - BERT)

Destaques do ChipVORX (tecnologia PI para instrumentos integrados no circuito)

  • Controlo de qualquer tipo de instrumento integrado no circuito, desde os registos mais simples aos comutadores de teste e depuração mais sofisticados
  • Teste, validação de concepção, depuração de hardware, programação Flash
  • Integração optimizada no reputado fluxo de ferramentas SYSTEM CASCON
  • Compatível com o futuro padrão IEEE P1687 
  • Metodologia aberta baseada em modelos através da utilização inteligente de PI